Desmistificando a Casa de Repouso para os Idosos

Com a idade avançada alguns idosos precisam de cuidados mais intensos e já não podem mais morar sozinhos. Chega o momento de a família decidir entre a ida para uma casa de repouso ou morar com um familiar. Culturalmente no Brasil, muitas pessoas ainda enxergam casa de repouso para idosos como um verdadeiro abandono. Pior, muitos julgam os familiares que tomam essa decisão, que são chamados de egoístas, quando o problema é falta de informação sobre casas de repouso para idosos.

Em muitos casos, essa é a melhor opção, pois nas melhores casas de repouso de São Paulo, como na Casa de Repouso Bem Me Care, os cuidados são ininterruptos, há um plano de reabilitação física, há espaço adequado e adaptado, há tratamento humanizado e diversas atividades planejadas para entretenimento e convivência com outros idosos.

Preconceito e falta de informação sobre casa de repouso zl

O que leva algumas pessoas a ainda relutarem tanto em deixar o idoso numa casa de repouso asilo deve-se principalmente por fatores culturais do nosso país. Existe ainda um enorme preconceito, por falta de informação e principalmente porque nos costumes antigos, os idosos eram cuidados por suas próprias famílias. Nessa época, as mulheres ainda não tinham ingressado no mercado de trabalho, então essas responsabilidades ficavam a cargo das parentes femininas. Mas a sociedade mudou e evoluiu, e esse preconceito sobre as casas de repouso para idosos também precisa acabar.

Outra coisa que ajudou a reforçara imagem negativa das casas de repouso é reconhecer o fato que muitos asilos para idosos oferecem serviços de má qualidade, com o mínimo possível para o bem estar do idoso, tirando sua autonomia e identidade. Em países mais desenvolvidos, as melhores casas de repouso são pagas pelo seguro previdenciário feito ao longo da vida, proporcionando ótimas condições de vida. Em sociedades mais avançadas, viver em uma casa de repouso costuma ser o principal objetivo das pessoas para desfrutar de uma velhice com qualidade.

Decidindo pela ida a uma casa de repouso

Antes de considerar a ida do idoso para uma casa de repouso em São Paulo, é importante avaliar a possibilidade da família acolher o idoso, de se dedicar totalmente aos cuidados e necessidades com relação ao idoso, se existem condições materiais, um espaço adequado e seguro, se o idoso companhia ao longo do dia e ocupação. Nesses casos geralmente há um responsável já definido pela família, seja um familiar ou funcionário, que desempenhará o papel de cuidador que mora com o idoso.

Dependendo do grau de dependência do idoso, os cuidados com o idoso inteiramente assumidos pela família podem gerar um estresse insuportável, tornando toda a família doente. Quando os cuidados com idosos vão se tornando mais complexos, ficar em casa pode ser prejudicial, já em uma clínica para idosos há uma equipe previamente selecionada apta para atuar em uma casa de repouso zona leste e um serviço todo planejado para cuidar de diversas situações com os idosos. Diferente do que seria oferecido em casa, o residencial para idosos é um lugar planejado, já na casa de um familiar, os cuidados com idosos seriam feitos de maneira amadora, fragmentada, gerando desconfortos e riscos para o idoso.

A decisão por uma casa de repouso nem sempre é fácil

Quando existe uma situação de idoso acamado ou muito dependente, muitos idosos acabam se vendo na necessidade de buscar moradia em uma clínica de repouso para idosos. Se o problema for preços de casas de repouso para idosos, a casa de repouso bem me quer oferece planos acessíveis para o idoso e sua família. A decisão pela casa de repouso é muito importante e deve ser compartilhada com a família e o próprio idoso. Se o idoso estiver lúcido, deve ser uma decisão pessoal dele. A decisão pela casa de idosos não é um abandono, a responsabilidade não é transferida para o asilo de idosos, pelo contrário.

Optar por uma clínica de repouso é escolher oferecer os melhores cuidados possíveis para um ente querido. A família continua sendo responsável, apenas passa a contratar ajuda para cuidar melhor. Da mesma forma como as famílias fazem com as crianças, quando contratam uma babá, uma creche ou mandam para a escola, ao escolher uma casa de repouso em São Paulo, a família monitora, observa, acompanha e, se não aprova, troca o ente querido de casa de repouso São Paulo, da mesma forma como faria com uma criança no que se trata de uma escola.

O que uma boa casa de repouso deve ter?

Uma casa geriátrica precisa ter um espaço adequado, seguro e acolhedor, com ambientes claros, limpos e boa acessibilidade. O mais importante a se avaliar na escolha por uma casa de repouso Mooca é se o espaço oferece um ambiente seguro, acolhedor e com um tratamento humanizado. Outra coisa muito importante é escolher um local de fácil acesso, como uma casa de repouso na zona leste, para que os familiares consigam fazer visitas frequentes. Visite a casa de repouso na Mooca pessoalmente para se assegurar desses detalhes.

A presença de rampas na clínica de idosos, ao invés de escadas, corrimãos pela casa e jardins são muito importantes. A casa de repouso idosos precisa oferecer condições para ele poder circular e se sentir estimulado. Cuidados com pisos escorregadios na clínica de repouso também são importantes para garantir a segurança do idoso. A estrutura de funcionários especializados no asilo para idosos também deve ser levada em conta. É importante que a casa repouso tenha a preocupação em reabilitar o idoso. Além de cuidadores e enfermeiros, as casas de repouso para idosos preços devem ter apoio médico com geriatras, fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais, além de apoio psicológico.

Outra coisa importante é que o idoso se mantenha ocupado na casa para idosos, com interação com outros idosos, atividades e vida social. Essas atividades na casa do idoso precisam ter a opção de serem realizadas em ambientes diferenciados, com a possibilidade do idoso poder tomar sol diariamente. O fato de ir para uma casa de repouso ou lares de idosos preços não significa desamor ou ingratidão, muito pelo contrário. É uma circunstância da vida, uma oferta de oferecer os melhores cuidados, é uma demonstração de amor.