Importância da Vida Social na Saúde do Idoso que vive em Casa de Repouso

Ao contrário do que muita gente pensa, idosos que vivem em casa de repouso podem e devem ter uma vida social. Ter amigos, manter contato com a família e viver sob uma rotina com atividades que proporcionem lazer e diversão, são hábitos considerados parte do chamado envelhecimento ativo e saudável, perfeitamente possíveis em boas casas de repouso particulares, como a Bem Me Care.

A casa de repouso Bem Me Care fica em São Paulo, na região da Mooca. Lá, os idosos participam de atividades onde recebem diversos estímulos cognitivos, que além de divertirem, auxiliam em sua reabilitação física e saúde mental. No residencial sênior Bem Me Care, o processo de otimizar as oportunidades de saúde, participação e segurança, são levados a sério e adicionados na rotina dos idosos, afim de melhorar a qualidade de vida dos moradores.

A saúde dos idosos refere-se ao bem-estar físico, mental e social

Isso porque, cada vez mais, constata-se que o idoso que se mantém mais ativo, ou seja, que consiga manter uma rotina de caminhadas e fisioterapia, com atividades que estimulem o intelecto e com interação social, principalmente com outras pessoas da sua faixa etária ou com seus familiares, sofre menos com problemas relacionados a perdas funcionais. E a manutenção ou estímulo da autonomia dos idosos é um dos fatores que mais contribui para a qualidade de vida na terceira idade.

Para adotar a noção de envelhecimento ativo e saudável em casa de repouso, é importante seguir com um estilo de vida que melhore a saúde, o que inclui uma alimentação saudável, cuidados de enfermagem, vida social e acompanhamento físico adequado, seja com caminhadas ou fisioterapia.

Atenção à saúde mental do idoso

A natural perda dos recursos físicos, mentais e sociais pode gerar sentimentos de desamparo e fragilidade nos idosos. Não somente para si mesmos, mas também para seus familiares e toda a sociedade como um todo, principalmente no que se refere às tomadas de decisões cotidianas. Sendo assim, pouco se tem feito para recuperar a identidade e auto estima do idoso, que muitas é visto como uma pessoa improdutiva e ultrapassada.

O projeto de integração social do idoso da casa de repouso Bem Me Care busca viabilizar a socialização e maior interação dos idosos, além de estimular o espírito solidário da equipe, distribuindo sempre muita alegria e descontração. Através de atividades de interação com música, jogos recreativos, artes plásticas e artesanato, sempre sendo feitas de forma humanizada, criamos uma rotina agradável que valorize o idoso. Festejos de datas comemorativas são realizados afim de promover maior integração social dos idosos, além de proporcionar a eles momentos agradáveis.

Tratamento humanizado é prioridade

O tratamento humanizado é prioridade na clínica de idosos Bem Me Care, por isso, a equipe de saúde não mede esforços para executar as atividades propostas de maneira leve, agradável e afetuosa, sejam através de brincadeiras musicais, chá da tarde, dia do circo e muitos jogos. O estímulo do espírito solidário da equipe leva aos idosos um pouco de alegria e descontração, fazendo com que a rotina seja quebrada e eles possam recordar seu passado, cantar, dançar e descontrair através de disputadas partidas de dominó e bingo. Essas atividades permitem um entendimento maior sobre as dificuldades que o processo de envelhecimento traz às pessoas, e a integração da equipe faz toda a diferença no bem estar dos idosos da casa de repouso.

A integração social dos idosos promove um sentido de significado e propósito para a vida, pois reforçam um sentimento de pertencimento perante a sociedade, que afeta positivamente a saúde. A casa de repouso Bem Me Care entende que é importante estimular as interações sociais entre os idosos, pois isso fortalece a auto estima, diminuindo o sentimento de dependência, que pode ser tão devastador para a saúde do idoso quanto qualquer doença de caráter físico. A capacidade e a possibilidade de ajudar, de participar ativamente das interações sociais, podem promover resultados positivos, principalmente no que se refere à saúde mental do idoso que vive em casa de repouso.