Cuidados de Enfermagem para Idosos com Alzheimer

Para que possam elevar a qualidade de vida, os cuidados de enfermagem para idosos com Alzheimer devem ocorrer em tempo integral, com auxílio de familiares ou cuidadores, enfermeiras e outros profissionais.

Como cuidar do idoso com Alzheimer

Existem vários estágios na doença de Alzheimer. Mesmo nos estágios iniciais da doença, se os cuidados de enfermagem para idoso com Alzheimer são feitos em domicílio, é necessário um acompanhamento de um cuidador ou familiar para facilitar os cuidados e diminuir a progressão da perda da memória. Enquanto a pessoa possuir certa autonomia, o cuidador do idoso com Alzheimer deve auxiliar nas tarefas do dia-a-dia como alimentação, banho, higiene e vestimenta, porque essas atividades tendem a ser esquecidas, devido às características da doença.

Seja nos cuidados de enfermagem ao paciente idoso em domicílio ou cuidados de enfermagem ao idoso institucionalizado, o idoso com Alzheimer precisa tomar os remédios para demência todos os dias, pois ajudam a retardar o avanço da doença, controlando comportamentos de agitação e agressividade. No entanto, pode ser difícil para o paciente fazer isso sozinho, por isso os cuidados de enfermagem com idosos incluem garantir que o medicamento seja ingerido nos horários. Também é frequente que o idoso com Alzheimer não queira tomar os comprimidos, daí a dica consiste em amassar e misturar os remédios nos alimentos.

Cuidados de enfermagem a idosos com Alzheimer

Nos cuidados de enfermagem com idosos com demência é importante que o idoso seja sempre estimulado. O treinamento das funções cerebrais do idoso com Alzheimer deve ser feito diariamente para estimular memória, linguagem, orientação e atenção, seja através de atividades individuais ou em grupo. O objetivo é estimular o cérebro, ajudando na memória e na fala. Além disso, é fundamental promover a orientação do paciente, tendo um calendário na parede de casa atualizado ou informando-o várias vezes ao dia sobre seu nome, data ou estação do ano.

Nos cuidados de enfermagem ao idoso com demência que apresenta sintomas comportamentais, é importante mantê-los inseridos socialmente e continuar oferecendo amor e carinho. Diminuir a agitação nos cuidados com idosos com Alzheimer, não recebendo muitas visitas em casa de uma vez, evitando barulhos, ruídos, sons muito altos, discussões e mudanças bruscas na rotina. Crie distrações, busque novos assuntos, acaricie e abrace a pessoa, sempre falando tranquilamente. Se preciso, peça ajuda ao médico.

Cuidados de saúde para idosos com mal de Alzheimer

O mal de Alzheimer leva à diminuição da mobilidade do idoso, dificultando o equilíbrio e impossibilitando a realização das atividades diárias de forma autônoma. É importante que os cuidados de enfermagem ao idoso com Alzheimer englobem atividade física todos os dias, como caminhada ou hidroginástica. A fisioterapia para idosos com Alzheimer pode ajudar a manter a qualidade de vida, proporcionando aumento dos movimentos do intestino, prevenção de quedas e fraturas em idosos, retardando que o paciente fique acamado e evitando dor nos músculos e articulações.

Evite desequilíbrios na saúde do idoso com Alzheimer buscando orientação de um nutricionista sobre a dieta adequada para cada estágio da doença. No plano de cuidados de enfermagem para idosos, mantenha uma rotina de horário e local para as refeições, variando as ofertas de alimentos que facilitem a mastigação e oferecendo pequenas porções em intervalos curtos. Não descuidar da hidratação nos cuidados com idosos com Alzheimer, oferecendo oito copos de líquidos por dia em média. Não esquecer de cuidar da higiene bucal do idoso com Alzheimer.

Cuidados de enfermagem para prevenção de quedas em idosos com Alzheimer

Para evitar acidentes de idosos com Alzheimer, conserve objetos de uso contínuo com fácil acesso sempre no mesmo lugar, locais de circulação livres e os cômodos da casa bem iluminados. Evite que o idoso use chinelos e sapatos com sola lisa, desamarrados ou mal ajustados, o ideal é que idosos com Alzheimer use sapatos fechados, confortáveis e antiderrapantes. Evite produtos que deixem o piso escorregadio, além de tapetes e capachos, instale corrimões se houver escadas ou degraus. Verifique sempre acessórios como óculos, aparelhos de surdez e próteses dentárias.

Nos cuidados com idosos com Alzheimer é preciso tomar certos cuidados para evitar acidentes no banho em idosos, como dispor de uma cadeira ou banco para ele poder sentar, instalar barra de apoio ao lado do vaso sanitário e do chuveiro, dispor de piso antiderrapante e porta do banheiro sem trincos e sem chaves. Nos cuidados de enfermagem para idosos acamados, o banho é feito no leito. Dependendo do estágio da doença de Alzheimer, pode ser preciso que o idoso seja hospitalizado ou institucionalizado.

Como manter o idoso com Alzheimer seguro

Não importa qual o estágio da doença, o idoso com Alzheimer não identifica os perigos, colocando sua vida e a dos outros em risco. Deve-se colocar uma pulseira de identificação com nome, endereço e contato de um familiar ou responsável no braço do idoso, para minimizar alguns riscos. Nos cuidados de enfermagem com idosos em asilo, a equipe de saúde da casa de repouso fica responsável pela segurança do paciente.

Se for o caso dos cuidados de enfermagem com idosos em domicílio, informar os vizinhos do estado do paciente, para caso necessário, ajudá-lo. Manter as portas e janelas fechadas para evitar fugas e manter idoso com Alzheimer seguro. Esconder chaves de casa e do carro, porque é comum que o idoso fique desorientado e saia sozinho de casa sem avisar ninguém. Na assistência de enfermagem em idosos, não deixar objetos perigosos visíveis, como copos ou facas e nunca deixar o idoso andar sozinho, porque o risco dele se perder é grande.

Para aumentar a qualidade de vida de idosos com Alzheimer

Não trate o idoso com Alzheimer como uma criança nem fale dele como se estivesse ausente. Evite discutir e dar ordens, fale sempre no positivo, dizendo o que pode e o que deve fazer de maneira suave e pausada. Nos cuidados de enfermagem para pacientes idosos, transmita segurança, com palavras simples, frases curtas e tom amável, chamando a pessoa pelo nome e segurando sua mão durante a conversa. Para obter orientações sobre como lidar com idosos com Alzheimer da maneira adequada, é fundamental obter informações sobre a doença com médicos e pesquisas.